Entenda como é realizada a limpeza de pele

A limpeza de pele é um mecanismo de estética, realizado em consultórios ou clínicas de estética. A limpeza de pele é sugerida para quem procura remover completamente as sujeiras da face e é bem recomendado para aqueles indivíduos que apresentam excesso de cravos.
Em contrapartida com o que se imagina, a limpeza de pele não é efetuada para a retirada de espinhas, até porque remover espinhas pode provocar graves perigos à saúde, como contaminações. O primordial intuito da limpeza de pele é eliminar cravos, imundícies da pele e, inclusive, o milium (pequenos cistos sobressalentes causados pelo aglomeramento de óleo e de pele nos poros).
A exposição à contaminação e outros agentes do ambiente é frequente, e a nossa pele sofre com isto. Impurezas aglomeradas, muita produção de óleos, e outros problemas podem ocorrer. Com o intuito de evitar que isso acabe virando um problema de pele, uma higiene mais minuciosa e adequada é importante. E é isso que a limpeza de pele faz: uma limpeza bem-acabada e intensa de sua pele.
O aconselhado é que a limpeza de pele seja elaborada de 2 em 2 meses, para o caso de peles normais a ressecadas, e 1 vez todo mês, nas peles mistas a oleosas e com cravos.

Indicações da limpeza de pele

limpeza-pele A limpeza de pele é indicada, especialmente, para eliminação de cravos abertos (pontos escuros) ou fechados (sinais esbranquiçados) e retirada de miliuns. Serve ainda para eliminar as células mortas e manter a pele macia e saudável. Todos os padrões de pele adquirem extremamente bem este procedimento. A limpeza bem executada auxilia no equilíbrio das peles secas, normais, oleosas e mistas. Além do rosto, pode-se realizar a limpeza de pele em qualquer outra parte do corpo, como pescoço e dorso.

Dicas para quem almeja realizar limpeza de pele

1. Depilação

Não faça limpeza de pele profunda no mesmo dia em que efetuou a depilação do buço ou clareou os pelos.

2. Gestação

Mulheres grávidas não devem fazer limpeza de pele.

3. Assiduidade

Faça a limpeza de pele, somente, uma vez a cada 3 semanas.

4. Raios Solares

A limpeza de pele intensa jamais deve ser efetuada depois de exposição aos raios solares, pois a melanina, que é encarregada pelo escurecimento da pele, fica em plena ação. O inverso também é válido. Não tome banho de sol depois de fazer limpeza de pele, visto que o rosto acha-se sensível e sem a primeira proteção da pele.

5. Proteção

Ainda que seja simpatizante à limpeza de pele, use sempre protetor solar.

Seis Passos para realizar Limpeza de Pele

limpeza-pele A limpeza de pele precisa ser efetuada por uma esteticista e, no geral, deve acompanhar as seguintes etapas:

1. Esterelizar a pele

Consiste em retirar por completo a maquiagem e limpar a pele aplicando uma loção de higienização para auxiliar a retirar por completo a oleosidade e algumas imundícies da pele. Produtos com Aloe vera são maravilhosas alternativas para purificar a pele. A loção necessita ser passada com as mãos no rosto inteiro, e, a seguir, se pode utilizar uma gaze para espraiar o produto por todo rosto, com movimentos circulares.

2. Abrir os poros

A abertura dos poros, usualmente, é feita com o aplique de vapor de ozônio ou até mesmo vapor de água, dado que o vapor ajuda a amolecer a pele, viabilizando a eliminação de cravos e sujeiras. Pode ser utilizada também uma camada para apoiar muito mais a amolecer a camada de pele mais superficial. O spray d’água ou de ozônio é capaz de prolongar-se de 5 a 10 minutos e, durante este tempo, a esteticista é capaz de massagear as mãos ou a cabeça do indivíduo que está fazendo o procedimento, tornando o momento anterior à limpeza de pele mais agradável e relaxante.

3. Esfoliar a pele

A esfoliação serve para retirar a região mais superficial da pele, favorecendo a extração de cravos e imundícies do passo a seguir. Em pessoas que têm espinhas infeccionadas, esta esfoliação só deve ser efetivada com um produto próprio, mas em todas as demais situações pode-se utilizar um creme esfoliante que possua microgrânulos que, comprimidos na pele, favorecem a remoção da imundície. Durante a limpeza de pele, os movimentos circulares com uma gaze são essenciais para tirar o maior número possível de cravos da face e abrir os poros. A retirada completa do produto é capaz de ser realizada com água e uma gaze limpa, preparando a pele para a próxima etapa.

4. Remover cravos

limpar-pele A retirada dos cravos é feita à mão, com gaze ou um pequeno pedaço de algodão úmido com uma loção antimicrobiana, apertando os dedos indicadores em direção inversa. Já a retirada de miliuns necessita de ser feita com o auxílio de uma microagulha, para perfurar a pele e pressionar, retirando a bolinha de sebo que está formada naquele lugar. Este método pode levar, apenas, 30 minutos e, em geral, começa na zona T, na seguinte ordem: nariz, queixo, testa e, posteriormente, bochechas.
Logo após a remoção manual dos cravos e miliuns, pode ser aplicado um aparelho de alta frequência que ajuda a pele a cicatrizar e tranquilizar. Entretanto, uma outra forma de fazer uma perfeita limpeza de pele, retirando ao máximo suas sujeiras, é fazer um tratamento profissional chamado limpeza de pele ultrassônica, que usa um dispositivo de ultrassom para alcançar as partículas mais profundas da pele.

5. Máscara tranquilizante

Tem a necessidade de ser aplicada uma máscara, geralmente calmante, dependendo do modelo de pele, ao longo de aproximadamente 10 minutos com o intuito de auxiliar a minimizar a vermelhidão e a acalmar a pele. Sua remoção pode ser realizada com água e gaze limpa, com movimentos em círculo. Durante sua atuação, pode ser realizada a drenagem linfática manual em todo rosto com o intuito de auxiliar a eliminar a vermelhidão e o inchaço.

6. Aplicação de Protetor solar

Para finalizar a limpeza de pele profissional, precisa ser aplicado uma loção hidratante e filtro solar sempre com fator de proteção semelhante ou acima de 30 FPS. Posterior a esse método, a pele fica mais frágil do que de costume e, por isso, o protetor solar é essencial para resguardar a pele dos prejuízos do sol e com o objetivo de evitar o aparecimento de manchas pretas na pele, que vão poder aparecer se o rosto ficar exposto ao sol ou às luzes ultravioletas, por exemplo.

Saiba determinados tipos de limpeza de pele

Limpeza de pele convencional

É a limpeza de pele mais utilizada e feita com produtos de limpeza, emoliente, máscara térmica ou vapor, dispositivo de alta frequência antibactericida, máscara e cicatrizante. Pode ser efetuada em todo tipo de pele e é especialmente eficaz em peles oleosas.

Limpeza de pele com peeling químico

Em determinados casos, a limpeza de pele sozinha não é o bastante. Então se associa a limpeza ao peeling químico. É indicada para peles com acnes e rugas e o que muda com relação à limpeza convencional é o uso de alguns modelos de ácidos durante o processo de assepsia da pele.

Limpeza de pele com peeling de diamante

O peeling de diamante é adequado para quem tem manchas na pele ou tem pele bastante grossa. Durante a limpeza de pele, ele auxilia a tirar as células mortas e afinar a pele, além de trazer os demais benefícios da limpeza como remoção da oleosidade e remoção de impurezas.

Limpeza de pele com hidratação

Quando a pele está bastante ressecada ou descascando, este é o tipo de limpeza aconselhada. Os produtos utilizados são para hidratação vigorosa e é usado um equipamento característico de ionização para ajudar a pele a consumir adequadamente os cremes.

Limpeza de pele com revitalização

Além do método de limpeza de pele, com a esfoliação e hidratação básica, são usados produtos próprios com princípios ativos de revitalização, antirrugas, efeito lifting e próprio para repor nutrientes. Tratamento recomendado para peles amadurecidas, sem vida ou exaustas. Um aparelho de microcorrentes que estimula a fibra também é utilizado para auxiliar na hidratação da pele e no efeito lifting.

Saiba como efetuar uma limpeza de pele doméstica

Tenha em mãos: sabonete neutro, água quente, gel de limpeza, creme ou gel de hidratação com fator de proteção solar, esfoliante e máscara de rosto.
1 – Lave o rosto com o sabão neutro e seque.
2 – Ponha a água bastante quente em um receptáculo, oculte o rosto e o receptáculo com a mesma toalha, mantenha a cabeça a aproximadamente 45 cm da água e adquira a emanação por 180 segundos.
3 – Aplique o esfoliante e esfregue brandamente com as extremidades dos dedos, fazendo movimentos circulares por todo o rosto ao longo de 3 a 5 minutos. Caso a pele seja muito oleosa, não passe de um minuto para não estimular mais produção de sebo.
4 – Aplique a máscara de tratamento adequada ao seu modelo de pele ou uma caseira para todo tipo de pele, observe a receita: Bepantol (pomada), Hipoglós, cinco gotinhas de vitamina A e cinco gotinhas de vitamina E. Misture em quantidade suficiente para uma aplicação só. Não guarde a mistura para uso posterior. Pode ser misturada na palma da mão. Deixe agir por dez minutos.
5 – Enxágue a pele e remova totalmente a máscara. Aplique um tônico com algodão para retirar o restante.
6 – Aplique o hidrante para seu tipo de pele. Não pense que a pele oleosa não precisa de hidratação. Enfim, hidratar é pôr água no interior das células ou evitar que ela se evapore. Utilize um hidrante “oil free” (sem óleo), em geral vendido como gel ou loção.
7 – Caso o hidrante não possua protetor solar, aplique um com, no mínimo, fator de proteção 15.
Independentemente do tipo de pele, todas necessitam ser limpas, tonificadas, hidratadas e protegidas. E isso deve ser efetuado a cada dia, especialmente antes de dormir. Certos cuidados são necessários para um melhor aspecto e saúde da pele.

Cuidado do dia a dia – manhã e noite

Manhã: limpe o rosto com sabão neutro, aplique tônico com algodão, use hidratante para o dia e aplique filtro solar ou uma base fina com protetor solar.
Noite: após lavar o rosto, use um demaquilante por toda a cara e pescoço. Utilize hidrante para a noite. (Depois de ministrar o hidrante para a noite, vá dormir de luz apagada. Não utilize o computador ou assista TV, porque a luz atrapalha a ação do hidratante. )
Não é crucial ir ao salão de beleza ou à esteticista a cada semana a fim de fazer uma perfeita limpeza de pele. Exceto se você tem pele bastante frágil, acnes infeccionadas ou outro problema de pele, nesses casos procure um dermatologista. A limpeza de pele caseira não substitui a necessidade de se fazer a limpeza de pele com um profissional de estética pelo menos uma vez por mês para a pele seca, e ao menos uma vez a cada 3 meses para a pele oleosa, só reduz a necessidade e ajuda a economizar. Para uma limpeza eficiente é aconselhável conhecer primeiramente o seu tipo de pele: seca, normal, mista ou oleosa.
E lembre-se: antes de começar qualquer tratamento de pele, é sempre conveniente uma visita a um médico dermatologista de sua confiança.

Entenda como é realizada a limpeza de pele
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta